cólica

6 dicas para amenizar a cólica nos bebês

É muito comum que o bebê tenha cólicas e os pais fiquem em pânico, sem saber o que fazer para amenizar a sua dor. Embora muito incômodas, as cólicas não representam nenhuma doença e costumam cessar após o terceiro mês de vida.

Muitas vezes as cólicas têm hora certa para começar e só terminam com o bebê e os pais cansados. Vamos dar aqui algumas dicas que podem ajudar os pais a cuidarem das cólicas.

Por que bebês têm cólicas?

É fácil identificar o choro de um bebê com cólica: o som é forte e contínuo, seu rosto fica logo vermelho, suas pernas se contraem e as mãos ficam fechadas. Em muitos casos até há um horário fixo para que elas aconteçam, em geral no fim da tarde.

A sensação de impotência causa terror aos pais, que não sabem o que fazer nesse momento tão crucial. Mas antes de partir para algo que possa prejudicar a saúde de seu filho, é importante entender o que são e por que as cólicas acontecem.

Ainda não se sabe a causa exata de as cólicas surgirem, mas há indícios de que seja a imaturidade do sistema intestinal e nervoso do bebê, que não controlam adequadamente as contrações intestinais. O fim do período de cólicas ocorre por volta de três meses, que é quando o seu organismo já apresenta maturidade.

Mesmo que a maioria dos bebês apresente cólicas, algumas crianças podem passar pelo período sem elas. O controle ambiental pode ajudar: os bebês reagem aos estímulos que recebem ao seu redor, locais com muita agitação, som alto e pais tensos e angustiados podem ajudar a ampliar as cólicas. Ou seja, quanto mais tranquilo for o local e as pessoas ao redor do bebê, maiores serão as chances de ele não apresentar cólicas.

Dicas para acabar com as cólicas

A Organização Mundial de Saúde recomenda que todas as crianças se alimentem exclusivamente de leite materno em seus primeiros seis meses de vida. O consumo de qualquer líquido, inclusive água e chás, é reprovado, uma vez que diminui a ingestão de leite e também dos seus nutrientes e efeito protetor anti-infeccioso. Mas, no Brasil, pelo menos 20% das famílias vão contra essa recomendação e introduzem na alimentação de seus bebês vários tipos de bebidas e alimentos.

Para ajudar a solucionar as dores de cólicas, listamos 5 dicas que substituem o chá e podem trazer alívio para seu bebê:

1 – Acertar a posição da mamada

Quando o bebê não mama da maneira adequada, ele pode engolir ar e sentir cólicas em seguida. Ele precisa ser posicionado num ângulo um pouco inclinado, manter a boca nas aréolas e arrotar após a amamentação.

2 – Massagens

As massagens feitas na barriga do bebê podem causar ótimos efeitos e facilitar a dissolução de gases e a digestão. Besunte as mãos com um pouco de óleo adequado para bebês e faça massagens leves e circulares na região.

3 – Deite o bebê no antebraço

Muitos bebês se sentem mais aliviados das cólicas quando estão deitados de bruços, sobre o antebraço da mãe ou do pai. A posição fica ainda melhor quando ele recebe massagens circulares em suas costas para aliviar os gases e as tensões.

4 – Compressas

Um ótimo alívio para cólicas é colocar compressas de água morna na sua barriga, através de fraldas umedecidas ou bolsa térmica específica. Como o calor ajuda na vasodilatação, há um relaxamento muscular que ameniza as contrações. É preciso testar a temperatura antes de aplicar, para não queimá-lo.

5 – Banho quente

Preparar um banho mais quentinho para o bebê é muito relaxante, ainda mais se houver uma música suave e a luz não estiver muito intensa.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como pediatras em Belo Horizonte!

Bem Me Quer Pediatria

Posted by Bem Me Quer Pediatria

Deixe uma resposta